22.4.19

Bolo de Casamento


História
A história do bolo de casamento remonta à Roma antiga. Durante o tempo deste império, um pão de casamento era feito especialmente para ser quebrado sobre a cabeça da noiva durante a cerimônia. Esta cerimônia de "quebra" foi substituída por uma cerimônia de "beijar" na Inglaterra medieval. Durante a cerimônia, os convidados empilhavam pequenos bolos e os noivos se beijavam sobre a pilha. No século XVII, era servida uma torta pela noiva aos convidados. O moderno bolo de casamento foi introduzido no século XIX.

Significado
O bolo de casamento sempre existiu, embora o seu significado tenha mudado. Em Roma, o pão quebrado representava a quebra da virgindade da noiva e da liderança do seu marido. Para aqueles casais que completavam com sucesso a cerimônia de beijar, isso significava que eles teriam muitos filhos. A torta que era servida pela noiva, tinha um anel escondido, a pessoa que o encontrasse era considerado pela tradição o próximo que iria se casar.

Tipos
Os bolos de casamento não foram sempre iguarias de confeitaria. Os romanos usavam um pedaço de pão de cevada para a sua cerimônia. Casais ingleses medievais recebiam uma mistura básica de farinha sem açúcar de seus convidados. A torta da noiva era de pães doces ou picado de carne de carneiro. Os bolos de casamento originais eram bolos de ameixa simples.

Função
Os bolos de casamento têm servido principalmente a função de fornecer um símbolo de boa vontade para o casal no futuro. Historicamente, os bolos representam fertilidade, pureza e lealdade. Os pedaços de bolos de casamento, servidos aos convidados, representavam boa sorte. Hoje, a cerimônia de corte de bolo, tem vários símbolos. 

Significados modernos
Vários desses simbolos tem o seu significado que remontam a estes bolos anteriores. A noiva e o noivo começam a cerimônia cortando o bolo juntos. Este simbolo representa a primeira ação conjunta do casal como marido e mulher. Um alimentar o outro, representa o desejo mútuo de se cuidar. Servir os convidados com um pedaço do bolo, simboliza a crença que comer um pouco do bolo trará boa sorte.

Os bolos de casamento podem ser cenográficos ("fakes") ou bolos verdadeiros. Eles podem ser autênticas obras de arte com flores, rendas, corações de açúcar. No topo dos bolos de casamento, encontra-se o "topo de bolo": noivinhos de biscuit, porcelana, madeira, tecido ou figurinhas. Existem também hoje alternativas ao tradicional bolo de casamento como cupcakes e outros bolinhos deliciosos.














8.4.19

Bolo com Champagne


Ideal para os noivos que querem fazer algo pequeno e que querem economizar na festa. O bolo com champagne é uma recepção elegante, que cai muito bem para casamentos realizados pela manhã ou à tarde. Se você pretende investir nesse tipo de recepção, fique atenta a alguns pontos:

O convite poderá dizer algo como: "Após a cerimônia, os noivos receberão para um brinde no salão da igreja". Se a igreja não tiver salão, o local do brinde deve ser próximo.

Neste tipo de comemoração, não há necessidade de mesas para todos os convidados. Mas providencie alguns banquinhos ou sofás para os convidados mais velhos. Mesinhas mais altas, estilo de bar, são ideais para os convidados terem como apoio.

Não esqueça de providenciar água, refrigerante e outras bebidas para serem servidas antes do corte do bolo.

O término da cerimônia de seu casamento não pode coincidir com o horário do jantar ou do almoço. Pois neste caso os convidados estarão com fome – e só um bolinho ficará indelicado.

Se você não quiser servir apenas bolo e champagne, ofereça um pequeno coquetel antes do brinde.

Na saída podem ser servidos bem-casados.


Fonte: casamentoclick


Esse é o tipo de casamento onde a elegância, o romantismo vem de encontro com a simplicidade e sofisticação.